Heloiza e José Antonio

Enfim chegou o nosso momento. Nem tudo foi como planejamos…hoje acordamos e o céu estava cinza e chuvoso, indicando que o nosso casamento não seria ao ar livre, mas dizem que boda molhada é boda abençoada!!!

Adaiara e Douglas

Ajudai-nos a promover em nossas famílias, em todos os lares de nossa pátria, os sentimentos e os propósitos de união indissolúvel, amor generoso, fidelidade permanente e perseverança constante na Vossa graça.

Tabata e Rodrigo

Olhar nos olhos e expressar seus sentimentos, sentar ao lado e conversar por horas, dar boas risadas e encontrar as verdadeiras respostas, olhando juntos para a mesma direção.

Luciane e Clauber

Entender que os sentimentos criam vínculos de intimidade que fazem o amor evoluir, e sentir-se pleno nessa conexão – de olhos, coração e alma. Amar é formar uma grande janela e permitir que a luz, a sabedoria, a alegria, entrem no seu casamento